Get Adobe Flash player
Centro Escolar de Belmonte
Escola Sede
S. Marcos - Caria
J.I. Caria
J.I. Colmeal da Torre

CONTRATAÇÃO ESCOLA - GRUPO 550 (INFORMÁTICA)

Ano Letivo 2020/2021

Lista Ordenada final....................................................AQUI

 

 

Receção aos alunos no dia 16 de Setembro

  • 1.º ano do 1.º ciclo em Caria e Belmonte
  • 5.º ano na Escola Sede do Agrupamento em Belmonte

Os Pais e Encarregados de Educação são informados por telefone, individualmente, sobre os horários de receção que abaixo se indicam (as listas das turmas com os nomes dos alunos não podem ser afixadas aqui nesta página).

Cada aluno só pode ser acompanhado por 1 (um) dos pais na receção dentro da escola.

  •  1.º Ciclo – 1.º Ano
Dia 16 de setembro

Caria 

9.30 horas: todos os alunos do 1.º ano

 

Belmonte

Turma CE2

9.30 horas: todos os 9 alunos do 1.º ano desta turma;

 

Turma CE1 

  9.30 horas: alunos do n.º 1 a 8;

10.25 horas: alunos do n.º 9 a 16;

11.20 horas: alunos do n.º 17 a 24

 

  • 5.º Ano / Turma A

 Dia 16 de Setembro

  9.40 horas: alunos do n.º 1 a 9

10.40 horas: alunos do n.º 10 a 17

 

  • 5.º Ano / Turma B

 Dia 16 de Setembro

  9.30 horas: alunos do n.º 1 a 10

10.30 horas: alunos do n.º 11 a 20

11.30 horas: alunos do n.º 21 a 27


 

Início do Ano Letivo de 2020-2021 e COVID-19

 Informações do Diretor do Agrupamento, Prof. David Augusto Canelo, para os Alunos e Pais e Encarregados de Educação e também para a comunidade educativa, em geral

Início do ano letivo para os alunos:

Dia 16 de setembro (4.ª Feira):

  • Receção aos alunos da educação Pré-Escolar e do 1.º ano de escolaridade do 1.º Ciclo do ensino básico, durante a manhã (09.30 horas), nas respetivas escolas.
  • Receção aos alunos do 5.º Ano, durante a manhã (09.30 horas), na escola Sede do Agrupamento.

 Dia 17 de setembro (5.ª Feira):

  • Início das aulas para todos os alunos.

 

Implementação de medidas tendo em conta o contexto do COVID-19

 Ao aproximar-se o início do ano letivo, informo os Alunos, os seus Pais e Encarregados de Educação e a comunidade educativa, em geral, que nas escolas do Agrupamento estão a ser implementadas medidas tendo em conta a situação atual.

Lembra-se que as medidas que vão sendo tomadas estarão sempre em constante evolução, dada a necessidade de melhorar, dia a dia, a forma de estar dentro de cada escola do Agrupamento. Assim, serão alteradas, acrescentadas ou anuladas medidas em que venha a verificar-se que há outras mais eficazes, dentro dos condicionalismos existentes. De forma constante, a prática ditará o rumo e o acerto das medidas que vão sendo tomadas. Algumas delas poderão ser pontos de partida e ainda não pontos de chegada. O evoluir da situação o dirá.

Os tempos em que nos encontramos não são fáceis. Contamos com a comunidade educativa para fazer chegar reparos, mas também ideias que possam melhorar o bem-estar de todos dentro das escolas. Tudo poderá ser possível… se possível!

 

Regimes do processo de ensino e aprendizagem

1. O ensino desenvolve-se em REGIME PRESENCIAL em todas as escolas do Agrupamento. Neste regime, o processo de ensino e aprendizagem é desenvolvido num contexto em que os alunos e docentes estão em contacto direto, encontrando-se fisicamente no mesmo local.

É este o regime que vamos ter durante todo o ano letivo, se tudo correr bem.

 

2. O ensino em REGIME MISTO contempla a execução de um plano de atuação, com sessões presenciais e com sessões de trabalho a distância que fomentam o trabalho colaborativo utilizando ferramentas digitais. Ou seja, este regime combina atividades presenciais com sessões síncronas e com trabalho autónomo.

Neste regime misto, teríamos turmas divididas em dois grupos: o Grupo A e o Grupo B, que intercalavam, nos dias da semana, de forma presencial e de forma não presencial (ou seja, a distância), de forma a desenvolver o esquema que se segue.

  

Modo de funcionamento da escola durante um mês, com organização das turmas em alternância de regime presencial vs regime não presencial.

Exemplo: quando as turmas do Grupo A estão em presença na escola, as turmas do Grupo B estão a trabalhar a distância.

Nota: neste esquema, os horários das turmas não sofrem qualquer alteração.

Permite, também, que os alunos não estejam uma semana completa sem ir à escola.

 Semana 1

 Semana 2

 

Segunda

 

Terça

 

Quarta

 

Quinta

 

Sexta

 

Segunda

 

Terça

 

Quarta

 

Quinta

 

Sexta

Grupo A

Grupo A

Grupo A

Grupo B

Grupo B

Grupo B

Grupo B

Grupo B

Grupo A

Grupo A

 

Semana 3

 

 Semana 4 

 

Segunda

 

Terça

 

Quarta

 

Quinta

 

Sexta

 

Segunda

 

Terça

 

Quarta

 

Quinta

 

Sexta

Grupo A

Grupo A

Grupo A

Grupo B

Grupo B

Grupo B

Grupo B

Grupo B

Grupo A

Grupo A

 

3. O ensino em regime NÃO PRESENCIAL faz com que o processo de ensino e aprendizagem ocorra em ambiente virtual, com separação física entre professores e alunos. Privilegia-se o trabalho autónomo, com sessões síncronas e sessões assíncronas.

O regime presencial é a regra. Os regimes misto e não presencial têm caráter excecional e temporário.

O regime misto e o regime não presencial aplicam-se por decisão da Direção Geral dos Estabelecimentos Escolares, depois de parecer das autoridades de saúde pública.

A prioridade na frequência de aulas presenciais é dada aos alunos até ao final do 2.º ciclo e àqueles a quem não seja possível assegurar o acompanhamento pelos professores quando se encontrem em regime não presencial.

Assim, os regimes misto e não presencial, se for caso disso, serão aplicados preferencialmente aos alunos a frequentar o 3.º ciclo do ensino básico e o ensino secundário (embora se possa alargar excecionalmente aos restantes ciclos de ensino, em função do agravamento da pandemia da doença COVID-19 - em caso de circulação muito ativa do vírus, exigindo o fecho de escolas).

 

Medidas implementadas nas escolas do Agrupamento

 Adiantam-se, então, outras medidas que vamos desenvolver nas escolas do Agrupamento. Observamos, contudo, que a arquitetura das nossas escolas, os seus traçados físicos, não permitem os espaçamentos mais adequados à situação. Como temos de viver com o que temos, dentro dos limites, vamos procurar fazer o melhor possível. Para isso, damos um primeiro passo com as medidas que abaixo já podemos divulgar, informando a comunidade educativa, em geral, e os pais e os alunos de uma forma mais particular.

  • Na organização dos espaços, a regra é a atribuição de uma única sala ou espaço turma, ou seja, 1 turma, 1 sala. Cada turma está sempre na mesma sala. Contudo, poderá haver algumas deslocações a salas específicas (laboratórios, EVT, ET, EV, Informática ou outras), salas estas que constantemente estarão a ser higienizadas, devido à rotação das turmas.
  • Na maior parte das turmas da escola sede, os alunos estão isolados numa mesa. Nos poucos casos de turmas em que isso não é possível, ou seja, nos casos em que existam 2 alunos na mesma mesa, haverá uma divisória em acrílico.
  • Na escola sede, o refeitório vai funcionar no horário das 11.45h às 14.30h (2 horas e 45 minutos aberto). O refeitório será utilizado por turnos de turmas, de forma a evitar ao máximo ajuntamentos de alunos e garantir o distanciamento (1 metro, se possível).
  • Está a ser criado um segundo bar para os alunos. Com dois bares pretende-se evitar concentrações e, ao mesmo tempo, criar mais fluidez no serviço.
  • As salas serão arejadas com a abertura das janelas logo de manhã, ao começo das aulas, nos intervalos, durante o almoço e à tarde durante a limpeza das instalações. Esta ventilação das salas dura pelo menos 10 a 15 minutos, e é feita também pelo menos três vezes por dia.
  • A escola está a organizar-se para, na medida do possível, limitar a existência de grandes grupos e travessias. Na escola sede, há horários de turmas com começo de aulas às 8.25 horas e outras turmas com começo às 8.35 horas. Também haverá intervalos desfasados, por exemplo, existem turmas com intervalo das 9.10h às 9.20h e outras turmas com esse intervalo das 9.20h às 9.30h, etc.

Procura-se, sempre que possível, respeitar as regras de distanciamento, evitando ao máximo concentrações de alunos.

No 1.º ciclo, há turmas que começam as aulas às 8.45h e outras turmas às 9.15h e, nas escolas onde existem também turmas do pré-escolar, as aulas começam às 9.00h, para os alunos entrarem mais separados. Os intervalos também serão desencontrados entre as turmas e o almoço será servido por turnos e em horas diferentes.

  • A limpeza e desinfeção de instalações e equipamentos são uma componente essencial na luta contra a propagação do vírus. Assim, os pisos e as grandes superfícies serão limpos todos os dias e as vezes que forem necessárias. Uma limpeza desinfetante das superfícies mais frequentemente tocadas também será realizada várias vezes ao dia. As mesas do refeitório serão limpas e desinfetadas após cada serviço de turno, etc.
  • A lavagem das mãos é essencial. Deve ser realizada, no mínimo, na chegada à escola (antes do aluno entrar para a sala de aula), antes de cada refeição, depois da refeição, depois de ir à casa de banho, quando sai da escola, etc.
  • À entrada de cada edifício da escola, no caminho para as respetivas salas de aulas, existem dois dispositivos (dispensadores de gel com pedal) com a solução de álcool para a desinfeção das mãos. Também vão existir esses dispositivos nos 2 bares dos alunos, no refeitório e nos mais diversos locais específicos dispersos pela escola.
  • A máscara é obrigatória para todos os alunos da escola sede (a partir do 5.º ano). A escola vai dar aos alunos, para o 1.º período, um Kit de 3 máscaras certificadas pelo Citeve, laváveis 25 vezes.

Os alunos não podem entrar na escola sede sem a máscara colocada na cara (claro, as outras pessoas também não, sejam professores, pessoal não docente, fornecedores, utentes de uma forma geral…).

  • Também haverá regras e condicionamentos em diversos espaços, como a biblioteca, salas de informática, sala de estudo, casas de banho, etc.
  • A entrada e saída da escola pela portaria terá de ser alargada, com a abertura do portão grande (situado mesmo ao lado da portaria), nos momentos de maior afluência, a fim de se conseguir um maior distanciamento.
  • Dentro da escola, haverá sinalética informativa de percurso, de espera, colocada no chão, nas paredes, nas portas, etc. Também haverá logotipos variados com diversas informações relacionadas com o Covid-19.
  • Quanto às aulas de Educação Física no pavilhão gimnodesportivo, informa-se desde já que as aulas de 45 minutos não se vão realizar no pavilhão municipal. Vão ser aulas teóricas lecionadas na escola sede. Evita-se mais circulação de alunos e fora da escola.
  • Não sabemos ainda, neste momento, quando poderá haver aulas de Educação Física (neste caso as outras, sem ser as de 45 minutos) no pavilhão municipal. Se as aulas começarem sem pavilhão, então todas as aulas serão lecionadas na escola sede.

 

Versão de 25 de agosto de 2020.

O Diretor

David Augusto Canelo


 

 

LISTA DE MANUAIS ESCOLARES ADOTADOS

2020/2021

 


 

Mais artigos...

  1. Coronavirus